quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Engatinhoooooou!!

video

13/11/2011


EM TEMPO..Registros do 8º mês

 Sorrisos...flexão.. escovando dentes.. piscina e meu primo JV

 Comendo manga.. fazendo caretas.. piscina com direito a pé enrugado


Looks pra ir a igreja e arrancando flores do canteiro da vovó 

terça-feira, 29 de novembro de 2011

SER MÃE

Recebi hoje um e-mail e tinha que deixá-lo aqui... pra tua posteridade minha lady Laura


 
“Mãe é aquele ser estranho, louco, capaz de heroísmos, dramas e breguices com a mesma fúria.
 
Mãe faz escândalo, tira satisfação com professor, berra em público, dá vexame, deixa a gente sem graça, compra briga; é espaçosa, barulhenta, tendenciosa, leoa, tiete, dona da gente. Mãe desperta extremos, ganas, irrita, enlouquece, mas... é mãe.
                                                                           
Mãe faz promessa, prestação, hora extra pra que a gente tenha o que é preciso e o que sonha. 
Paga mico: escreve carta para Papai Noel, se faz passar por fadinha do dente, coelho da páscoa, cuca. Pede autógrafo para artistas deploráveis, assiste a programas, peças, shows horríveis, revê milhares d e vezes os mesmos desenhos animados, conta as mesmas histórias centenas de vezes, vai pra Disney e A D O R A!
 
Mãe surta, passa dos limites, às vezes até bate, diz coisas duras; mãe pede desculpas, mortificada...faz drama,tem remorso...
 
Mãe é um bicho doido, louco pela cria.
 
Mãe é visceral!
 
Mãe chora em apresentação de balé, em competição de natação, quando o filho namora pela 1a. vez, quando dá o primeiro beijo, quando vê o filho apaixonado e quando o filho sofre por amor  ela xinga todo e cada desgraçado que faz o filho sofrer, enlouquece esperando ele chegar da balada, arranca os cabelos diante da morte...
 
Mãe é uma espécie esquisita que se alterna entre fada e bruxa com uma naturalidade espantosa. É competente no item culpa e insuperável no item ternura, mas pode ser virulenta, tem um lado B às vezes C, D, E...
 
Mãe é melosa, excessiva, obsessiva, compulsiva,repulsiva, comovente, histérica, mas não se é feliz sem uma.
 
Mãe é contrato: irrevogável, vitalício, intransferível!fique tranquilo ninguem quer a sua...
 
Mãe lê pensamento, tem premonição, sonhos estranhos. Conhece cara de choro, de gripe, de medo; entra sem bater, liga de madrugada, pede favor chato, palpita e implica com amigos, namorados, escolhas.
 
Mãe dá a roupa do corpo, tempo, dinheiro, conselho, cuidado, proteção.
 
Mãe dá um jeito, dá nó, dá bronca, dá força.
 
Mãe cura cólica, porre, tristeza, pânico noturno, medos,nó na garganta,fica de mão dada quando o filho está mal e fica longe quando ele está bem e não precisa mais dela com a mesma ou melhor com muito mais felicidade,pois mãe sabe  o seu lugar, as vezes tem que lembra-la,mãe é esquecida...(kkkkkk). Espanta monstros, pesadelos, bactérias, mosquitos, perigos.
 
Mãe tem intuição e é messiânica: mãe salva. Mãe guarda tesouros, conta histórias e tece lembranças,mente se precisar.
 
Mãe é arquivo!
 
Mãe exagera, exaure, extrapola. Rumina o passado, remói dores, dá o troco, adora uma cobrança e um perdão lacrimoso.
 
Mãe abriga, afaga, alisa, lambe, conhece as batidas do nosso coração, o toque dos nossos dedos, as cores do nosso olhar e ouve música quando a gente ri.
 
Mãe tem coração de mãe!
 
Mãe é pedra no caminho, é rumo; é pedra no sapato, é rocha; é drama mexicano, tragédia grega e comédia italiana; é o maior dos clássicos; é colo, cadeira de balanço e divã de terapeuta...
 
Mãe é madona-mia! É deus-me-acuda; é graças-a-deus; é mãezinha-do-céu e é a mãe é minha e-eu-mato – quando-quiser; é a que padece no paraíso enquanto nos inferniza...
 
Mãe é absurda e inexoravelmente para sempre e é uma só: não há Mistério maior! Só cabe uma mãe na vida de uma filha (o)... e olhe lá! Às vezes, nem cabe inteira.
 
Mãe é imensurável! é chata pra caramba!!!
 
Mãe é saudade instalada desde o instante em que descobrimos a morte.
 
Mãe é eterna, não morre jamais. Bicho estranho, entranha, milagre, façanha, matriz, alma, carne viva, laço de sangue, flor da pele.
 
Mãe é mãe, e faz cada coisa...
 
QUE SÓ SENDO MÃE PARA ENTENDE-LA...
 

Delícias do 9º mês

Hoje eu não podia deixar de passar rapidinho pra contar duas novidades da nossa delícia cremosa rsrsrs...
Laura.. você está cada dia mais esperta, mais fofa, mais cute, mais TUDO (mãe coruuuuja!).

Ontem de manhã, quando fui te trocar logo cedo, perguntei: cadê o ventilador?? Você olhou certinho pra ele e ficou fazendo cheirinho... COSAMAFOFA!!! Aí eu te imitei.. e você fez de novo.. só que agora pra mim.. e ainda dá risada depois. Você sabe que está fazendo gracinha e quando a gente se diverte você se diverte junto.

Quando foi a noite, todos em casa (tio doidão, tia ná, vovô...), o tio doidão mandou beijo pra você e qual não foi a nossa surpresa quando você devolveu! Que vontade de espremer até sair o caldinho desta delícia. kkkk..Agora é só a gente mandar beijo pra você que recebemos de volta.

Em tempo.. Nina me lembrou que ainda no dia de ontem você tentou subir as escadas da casa da vovó.. ficou em pé na ponta da escada, com as mãos sobre o 2º degrau gritando (como se o grito a fizesse ir lá pra cima kkk).

São muitas delícias num dia só e a mamis aqui acaba esquecendo algumas coisas!

Cada dia uma surpresa na nossa colméia e o mel só aumenta =)


sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Flores do 8º mês



Depois das aftas na garganta, GRAÇAS A DEUS, nossa delícia cremosa voltou a se alimentar normalmente.
O 8º mês foi, também, repleto de flores, digo...surpresas:
- começou engatinhar;
- fazer gracinhas do tipo: faz cheirinho (franze o nariz, inspira/aspira ar forte e faz biquinho -> cute); fica brava (rosna-não sei qual palavra usar pra demonstrar o barulhinho que você faz); chama pessoas e coisas (põe mãozinha com a palma pra cima e movimenta os dedos anelar e minimo); tem "vergonha" quando alguém chega (você olha a pessoa e quando a pessoa fala contigo você se esconde no pescoço da mamãe;
- começou "falar": larlra (Laura), bé (Tia Bete), Dá (Ada- nossa mini basset), uuuuhh (Lua), Biii (Papai- tudo a ver rsrsrs...);
- ama pegar qualquer cisco no chão;
- passa horas (se a gente tiver este tempo né) sentada na calçada do Bosque/Zoo em frente de casa brincando com folhinhas, galhinhos...;
- demonstra AMOR MAIOR quando o primo João Vitor (vulgo JV) chega em casa; se ele pega a motoca pra andar você logo sai correndo atrás dele com o teu voador (apelido do andador, já que você voa quando está nele);
- AMA a piscininha do rancho... ou melhor, basta ter água que você já quer pular dentro.. até poça no quintal fica passando o pezinho =)
- senta e levanta sozinha quantas vezes quiser e quando cai dá risada de si mesma;
- passeia dentro dos berços segurando nas grades;
- no banho quer ficar em pé mexendo na prateleira que ficam o xampu, sabonete... (haja braço pra segurar);
- no trocador.. parece um parafuso doido girando pra lá e pra cá e a mamãe aqui que se vire pra por fralda e roupa;

E assim foi o 8º mês da nossa delícia cremosa (apelido que a tia Elis colocou rsrsrs...)
Entre flores e espinhos as FLORES NOS FAZEM ESQUECER DOS ESPINHOS.

Ps: Falando em flores, você tem amado arrancar todas as flores existentes no nosso canteirinho; arranca a flor e depois pétala por pétala.. até parece que ensinamos a brincadeira do bem-me-quer/mal-me-quer.
Ps²: Nasceu teu 3º dentinho e, pra variar um pouco, fora da ordem que o dentista disse que viria. E já tem outros 4 em ponto de "bala".. dá até aflição olhar =$


quinta-feira, 10 de novembro de 2011

8 meses

Prontinha pra visita mensal ao Dr. JF 




 Experimentando chapéus






Domingão no Rancho.. rindo à toa  

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Sumi de novo?!

Fim do sétimo mês.. todo final será problemático?

No final do mês passado, consulta com o pedi Dr. JF ouvimos a seguinte e preocupante informação:
Bem.. hoje vocês não irão ganhar parabéns ( ele sempre dá parabéns no final da consulta quando Laura cresce e engorda de acordo com aquela tabela de crescimento e engordamento que todos os pediatras seguem).
O não-parabéns foi porque a Laura só engordou 400g no mês todinho, mas eu tinha avisado ele que o apetite dela não estava bom..
Segundo a tabela dele lá, ela tá no rodapé e isto não é bom. Resultado.. passou um abridor de apetite. Até aí tudo (+ou- né) bem. É muito ruim, como mãe, ver que sua filhinha não está dentro daquilo que a normalidade exige. Começamos com o tal abridor e ela melhorou a comilança. Estava suuuuuuuuuper bem.. animadinha, comendo, brincando.. Quando foi por volta do dia 17/10 ela voltou ficar enjoada.. não queria comer.. mamar.. iixi.. só Deus!
No fim de semana... dia 22.. nariz escorrendo..mas sem febre. Graças a Deus tinhamos consulta no dia 24.
Ele avaliou e..  peso 7kg; 66 cm altura.. melhorooooou bem! PARABÉEEEENS!! eBAAAAAAAAAA!!
Maaasss... parecia que estava com alergia. Receitou antialergico e um xarope pra não juntar secreçao no pulmão. Dá-lhe remédio na bichinha tadinha (sou avessa a remédio, mas vê-la sofrendo é pior).
Na quarta seguinte dia 26 começa a febre =s e o apetite tá cada dia pior. Só quer mesmo beber água.. ai meu Deus...olha o peso adquirido indo embora.
Sexta-feira (28/10) depois de muuuuuuuuuito custo consegui uma brecha na agenda (minha não na do médico) pra levá-la até ele. Examinou a garganta e olha lá.. afta na garganta.. bacteriana (sabe Deus de onde porque temos o máximo de cuidado). Ele explicou que como ela esteve meio resfriada, com alergia.. a imunidade baixou e por isto pode ter acontecido o surgimento das aftas.
Disse Dr. JF: graças a Deus é só isto (rsrsrs.. na vdd criança é uma caixinha de surpresa né... passa mil coisas na cabeça de uma mãe de primeira viagem quando a filotinha tem febre... ainda mais com o surto de catapora, dengue e outras cositas mas que andam atormentando a saúde da nossa cidade.
Passou.. e vamo que vamo que o 8º mês já está em andamento rsrsrs...