terça-feira, 23 de outubro de 2012

1 ano e 7 meses

Oi pituquinha da mamãe!!!
Hoje você está completando 1 ano e 8 meses e a mamãe aqui, atrasadinha, está postando fotos que tirou durante o mês que se passou (1 ano e 7 meses).
Você cada dia mais esperta e mais inteligente, a fase difícil do sono ficou pra trás, graças a Deus. Hoje você só dá um trabalhinho se estivermos fora de casa ou se se estiver "dóidói".
O único trabalho que você tem dado ultimamente (4 meses já) é para comer; almoço e janta parecem tortura pra ti e ainda não sabemos se associou a hora da alimentação com a dor que deveria sentir quando ainda não tratávamos o refluxo ou simplesmente você não é das que gostam de comida.
Tenho conversado com algumas mamães e, apesar do meu nervosismo/ansiedade/tristeza por teu apetite, constatei que você não é a única a recusar alimentação - almoço e janta- e só querer "bobeiras" e "mamá"
Mesmo assim continuamos te incentivando e insistindo pra que tenha uma boa alimentação e, consequentemente, uma saúde "de ferro".
Beijos filhotinha!!












quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Peripécias de uma (nem tanto) Lady



video

video




Antes que vire o mês

Passaram-se bons dias desde que postei fotos da nossa picurrucha e já me justifico dizendo (ou repetindo) que ela está a exigir todo o tempo que me resta livre e por isto está difícil parar pra escrever.

Da última vez que escrevi, relatei sobre os exames e que começaria dar o complemento de ferro. Começamos dar o complemento e o apetite da Laura comecei reagir graças ao bom Deus que ilumina a medicina e nos dá condições de usá-la.

Depois de uns dias o exame da pesquisa de refluxo ficou pronto e o nosso novo pediatra ligou pra dizer: olha... o exame da Laura apresentou refluxo, mas fiquem tranquilos porque é num grau bem leve. Vamos tratar por 90 dias e avaliar... conforme for a gente pára com a medicação (domperidona).

Aí passou um zilhão de coisas na minha mente: será que era por isto que ela chorava tanto nos primeiros 4 meses de vida?! Mamava e chorava.. dávamos paracetamol paráva de chorar. Dormia. Acordava, mamava e voltava chorar...Será que por isto rejeitou por tanto tempo a papa salgada. Por que o 1º pediatra não pediu este exame quando eu achei que fosse necessário? Será que por isto fazia 2 meses que o terror dela era o momento de alimentar-se com comidas sólidas???? Será.. será.. será???

Bom, há muitas interrogações na minha mente neste exato momento, mas louvo a Deus que tem nos dado uma boa alma ao nosso lado em todos os momentos e neste nos orientou a conhecer este novo pediatra, mais acessível, mais amável, mais... mais...humano.  

Não posso deixar passar sem dizer que esta boa alma é minha amiga, minha prima, minha irmã, parça como brincamos... NINA..aqui fica registrado meu sincero agradecimento por esta luz que você nos deu em momento tão conturbado; que Deus continue te abençoando, guiando e mantendo sorridente e com palavras de apoio ao próximo mesmo quando a "tempestade" te assola. Amamos você Ninoca!!
Bom, chega de choro (família Moraes neste momento já acabou com o pacote de lenços rsrsrs...)

Sendo assim, a melhor nova deste mês, em que você minha gatinha está no auge dos teus 1 ano e 7 meses, é que graças ao bom Deus e ao tratamento, teu apetite tem voltado gradativamente e está um "chumbinho". Haja braço pra te aguentar agora (83cm e 11,300kg)

Tua tagarelice está a todo vapor. Quando te chamamos pra falar alguma coisa, nos olha fixamente e argumenta no nenenês mais fofo que eu já vi (tá corujice aqui); tuas frases estão cada dia maiores e a tua esperteza também. 

Os momentos de alegria superam os de preocupação neste mês e confirmam que a primavera brotou em ti uma nova força, uma nova vida... não sei explicar, mas você nos tem feito mais felizes do que nunca  meu  cotoquinho,  minha Lady Laura que quando corre só balança um braço, que esbraveja quando lhe escovo os dentes ou limpo o nariz, que grita e rodopia quando o primo chega e que dá gargalhadas enquanto sonha.

Deus continue te abençoando filhinha!!


*Só explicando: quando digo meu cotoquinho, minha Lady não é egoísmo não.. ela é NOSSA: filha, neta, prima, sobrinha... mas estas são as formas como EU a chamo. =)